Atoefeito

MUDAR É A NOSSA REALIDADE

Como o “1968” de Zuenir Ventura, 2013 é um ano que não terminou. Das manifestações daquele mês de junho, quando milhares de brasileiros saíram às ruas de todo o país para reclamar novas respostas aos problemas que configuram as mazelas de nossa sociedade – desigualdade, corrupção, violação dos direitos humanos, etc. – nasceu o AE, como também é conhecido o ATOEFEITO.

Ecoando a indignação daquele momento, mas em busca de ir além, somos um núcleo livre de atuação, em que cidadãos voluntariamente se associam para aplicar os seus talentos no apoio às mais diferentes causas.

O ATOEFEITO tem interesse em lidar com questões complexas, especialmente, aquelas de interesse (ou que deveriam ser de interesse) da sociedade.

PROJETO  PILOTO

A população do Brasil cresce mais rápido nas prisões do que fora delas. Mas o que acontece depois que o problema é “isolado” da sociedade? Quem se importa? Até quando vamos ignorar que as prisões brasileiras foram transformadas em escolas do crime e integram um ecossistema complexo do qual fazemos parte? E afinal, uma prisão pode ser diferente?

Em 2014, o ATOEFEITO conheceu o ‘Método APAC’.

Modelo alternativo de execução penal, as APACs são unidades prisionais focadas na recuperação dos condenados às penas privativas de liberdade a partir de um método que inclui eixos como disciplina, laborterapia e resgate da autoestima. No estágio mais avançado, uma APAC é administrada pelos próprios condenados, conhecidos como ‘recuperandos’.

Trata-se de uma proposta genuinamente nacional, exportada para vários países, mas, surpreendentemente, ignorada por nós, brasileiros. Por quê?

São muitas as perguntas.

Em breve, iremos compartilhar nosso olhar sobre a causa.

Fica aqui o convite para que nos acompanhe nessa jornada.

Mais informações: (+55 31) 9 9848-0123 | manifeste@atoefeito.vc

facebook   instagram

Deixe sua mensagem

Novo site em breve!